Crítica sobre o filme "Fio da Navalha, O":

Rubens Ewald Filho
Fio da Navalha, O Por Rubens Ewald Filho
| Data: 15/04/1985

Como parte de seu contrato com a Columbia para estrelar Os Caça-fantasmas, Murray exigiu que fizessem este filme, uma refilmagem do livro famoso de Somerset Maugham. Mas há dois problemas graves. A versão de 46, embora traísse o espírito do livro, tinha um elenco brilhante: Tyrone Power, Clifton Webb, a linda Gene Tierney e Anne Baxter (que ganhou um Oscar pela sua Sophia). A fita é inesquecível e em tudo superior a esta. Além disso, o problema é que Murray tem cara de gaiato, de comediante, nunca de um sofredor que perambula pelo mundo, procurando o sentido da vida. Não adianta a bela produção. O filme é frio, o elenco errado ou mal aproveitado.