RESENHA CRTICA: Blade Runner 2049 (Idem)

Tudo no filme envolve e emociona, criando um universo fascinante e nico (que evoluiu muito do original)

05/10/2017 11:20 Por Rubens Ewald Filho
RESENHA CRÍTICA: Blade Runner 2049 (Idem)

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar