Lila & Eve - Unidas Pela Vingança

Lila (Viola Davis) perdeu o filho assassinado em um tiroteio. Fragilizada, frequenta um grupo de apoio, onde conhece Eve (Jennifer Lopez), uma mãe que também perdeu a filha. Lila não acredita mais no trabalho de investigação da polícia, pois os culpados pela morte não foram presos, então se junta a Eve para fazer justiça com as próprias mãos.

21/08/2017 23:42 Por Felipe Brida
Lila & Eve - Unidas Pela Vingança

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

 

Lila & Eve – Unidas pela Vingança (Lila & Eve). EUA, 2015, 93 min. Drama/Ação. Dirigido por Charles Stone III. Distribuição: Flashstar

Viola Davis, vencedora do Oscar de melhor atriz coadjuvante este ano pelo soberbo “Um limite entre nós”, e Jennifer Lopez, marcante e expressiva, unem os talentos para interpretar duas mães abaladas com a morte de seus filhos, em busca de vingança nesse explosivo drama policial, lançado em 2015 nos Estados Unidos e que somente agora chegou ao Brasil (em home video), pela Flashstar.

Viola rouba as cenas como a protagonista Lila, mãe solteira cujo filho morreu com tiros na violenta periferia de Atlanta. Abalada, junta-se a uma mulher mais nova, Eve (Jennifer Lopez), que a encoraja a perseguir os criminosos. Sem opção e ressentida, Lila acata o novo papel de sua vida, a de justiceira, partindo para uma jornada sem volta, de vingança e mortes, sempre com apoio e orientação de Eve.

Na linha policial de “Desejo de matar” (1974 – que ganhou remake e estreia em breve), o filme exprime o lado imprevisível do ser humano diante do luto e da brutalidade do caos social, com uma prática duvidosa, a de estar acima da lei e fazer justiça com as próprias mãos. Desse ponto outros dois temas ficam interligados na história: a ineficiência da polícia e a violência nas ruas de Atlanta, capital da Geórgia, cidade que apresenta altíssimos índices de crimes como homicídio, estupro e roubo. Tudo contado de forma ágil, realista e que propõe debates.

Exibido em Sundance, “Lila & Eve” funciona bem como cinema policial, graças ao trabalho de Viola, impecável como sempre, responsável por disparar a carga dramática necessária a uma história de tal calibre. Já nas locadoras!

 

Linha
tamanho da fonte | Diminuir Aumentar
Linha

Sobre o Colunista:

Felipe Brida

Felipe Brida

Jornalista e especialista em Artes Visuais e Intermeios pela Unicamp. Pesquisador na área de cinema desde 1997. Ministra palestras e minicursos de cinema em faculdades e universidades. Professor de Semiótica e História da Arte no Imes Catanduva (Instituto Municipal de Ensino Superior de Catanduva) e coordenador do curso técnico de Arte Dramática no Senac Catanduva. Redator especial dos sites de cinema E-pipoca e Cineminha (UOL). Apresenta o programa semanal Mais Cinema, na Nova TV Catanduva, e mantém as colunas Filme & Arte, na rede "Diário da Região", e Middia Cinema, na Middia Magazine. Escreve para o site Observatório da Imprensa e para o informativo eletrônico Colunas & Notas. Consultor do Brafft - Brazilian Film Festival of Toronto 2009 e do Expressions of Brazil (Canadá). Criador e mantenedor do blog Setor Cinema desde 2003. Como jornalista atuou na rádio Jovem Pan FM Catanduva e no jornal Notícia da Manhã. Ex-comentarista de cinema nas rádios Bandeirantes e Globo AM, foi um dos criadores dos sites Go!Cinema (1998-2000), CINEinCAT (2001-2002) e Webcena (2001-2003), e participa como júri em festivais de cinema de todo o país. Contato: felipebb85@hotmail.com

Linha
Todas as máterias

Efetue seu login

O DVDMagazine mantém você conectado aos seus amigos e atualizado sobre tudo o que acontece com eles. Compartilhe, comente e convide seus amigos!

E-mail
Senha
Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado?

Bem vindo ao DVDMagazine. Ao se cadastrar você pode compartilhar suas preferências, comentar ou convidar seus amigos para te "assistir". Cadastre-se já!

Nome Completo
Sexo
Data de Nascimento
E-mail
Senha
Confirme sua Senha
Aceito os Termos de Cadastro
30 fotos grátis na 1a compra BF3