Papa Francisco - Conquistando Corações

Vida e feitos de Jorge Mario Bergoglio, o Papa Francisco, desde a juventude em Buenos Aires até se tornar arcebispo da capital argentina e depois ser eleito o 266º Papa da Igreja Católica

18/04/2018 23:59 Por Felipe Brida
Papa Francisco - Conquistando Corações

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

Papa Francisco – Conquistando corações (Francisco - El Padre Jorge). Espanha/Argentina/Itália, 2015, 104 min. Drama. Colorido. Dirigido por Beda Docampo Feijóo. Distribuição: Alpha Filmes

A Alpha Filmes, distribuidora de filmes religiosos do grupo A2 Filmes, lança em DVD esta sincera e detalhada cinebiografia do Papa Francisco, uma das figuras mais emblemáticas da Igreja Católica. Nesta obra tocante, com mensagem positiva sobre fé, determinação e altruísmo, conhecemos o homem Jorge Bergoglio antes e por trás do papa, em várias etapas de sua vida: na juventude, época em que se aventurava em namoros furtivos até se apaixonar por uma garota; as discussões com mãe, que insistia que fosse estudar Medicina; até atingir a vida adulta, quando abandonou a família e seguiu para o seminário - virou arcebispo e depois cardeal, sempre na terra natal, Buenos Aires. Paciente, de espírito leve e jeito bondoso, em suas atividades eclesiásticas ampliou os atendimentos à população carente, propagando o amor e a fé (ele era jesuíta), adquirindo uma força descomunal aos olhos da comunidade católica. Tamanho os feitos dele que no Conclave de 2013 foi eleito papa com entusiasmo pelos cardeais votantes (ele recebeu mais de 90 dos 115 votos), assumindo como sucessor do alemão Bento XVI, que abdicou ao papado naquele ano. A nomeação de Papa Francisco foi comemorada em toda a América Latina, pois é o primeiro papa do Novo Mundo, também o primeiro do Hemisfério Sul e o primeiro fora da Europa em mais de 1200 anos!

O filme, como o título em português evidencia, reforça as razões de ele conquistar corações. Carismático, sempre com sorriso no rosto, é conhecido por propor mudanças desafiadoras em questões não aclamadas pela igreja, com uma visão complacente sobre o casamento gay, o divórcio e o aborto. Um religioso que há tempos não se via no mundo cristão, que dá uma lição de humildade e acolhimento.

Quem interpreta o Sumo Pontífice é o argentino Darío Grandinetti, de “Fale com ela” (2002), “Relatos selvagens” (2014) e “Julieta” (2016), que não se parece com o Bergoglio, mas é ótimo ator e nos brinda com uma atuação sincera. O filme nos leva ainda a uma gostosa viagem por Buenos Aires, nos créditos iniciais, ao som de tango instrumental. Há sequências belíssimas filmadas no Vaticano, com destaque para o figurino recriado com exatidão e uma fotografia rica em detalhes, e no encerramento, momentos reais do Papa pelo mundo afora, com a expressiva canção “Gloria” ao fundo, interpretada pela voz do povo argentino Mercedes Sosa.

Exibido nos cinemas brasileiros em março de 2017, a produção reuniu três países ferrenhamente católicos (Espanha, Argentina e Itália) e conquistou os religiosos determinados e a crítica europeia. Eu gostei e super-recomendo esta bonita cinebiografia do Papa Francisco.

 

 

Linha
tamanho da fonte | Diminuir Aumentar
Linha

Sobre o Colunista:

Felipe Brida

Felipe Brida

Jornalista e especialista em Artes Visuais e Intermeios pela Unicamp. Pesquisador na área de cinema desde 1997. Ministra palestras e minicursos de cinema em faculdades e universidades. Professor de Semiótica e História da Arte no Imes Catanduva (Instituto Municipal de Ensino Superior de Catanduva) e coordenador do curso técnico de Arte Dramática no Senac Catanduva. Redator especial dos sites de cinema E-pipoca e Cineminha (UOL). Apresenta o programa semanal Mais Cinema, na Nova TV Catanduva, e mantém as colunas Filme & Arte, na rede "Diário da Região", e Middia Cinema, na Middia Magazine. Escreve para o site Observatório da Imprensa e para o informativo eletrônico Colunas & Notas. Consultor do Brafft - Brazilian Film Festival of Toronto 2009 e do Expressions of Brazil (Canadá). Criador e mantenedor do blog Setor Cinema desde 2003. Como jornalista atuou na rádio Jovem Pan FM Catanduva e no jornal Notícia da Manhã. Ex-comentarista de cinema nas rádios Bandeirantes e Globo AM, foi um dos criadores dos sites Go!Cinema (1998-2000), CINEinCAT (2001-2002) e Webcena (2001-2003), e participa como júri em festivais de cinema de todo o país. Contato: felipebb85@hotmail.com

Linha
Todas as máterias

Efetue seu login

O DVDMagazine mantém você conectado aos seus amigos e atualizado sobre tudo o que acontece com eles. Compartilhe, comente e convide seus amigos!

E-mail
Senha
Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado?

Bem vindo ao DVDMagazine. Ao se cadastrar você pode compartilhar suas preferências, comentar ou convidar seus amigos para te "assistir". Cadastre-se já!

Nome Completo
Sexo
Data de Nascimento
E-mail
Senha
Confirme sua Senha
Aceito os Termos de Cadastro