O Monstro do Ártico

Cientistas alojados em uma base de pesquisa no Ártico descobrem uma estranha forma de vida num bloco de gelo. O organismo escapa, cresce e ataca um a um naquela inóspita região.

12/03/2019 01:47 Por Felipe Brida
O Monstro do Ártico

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

O Monstro do Ártico (The thing from another world). EUA, 1951, 83 min. Ficção científica. Preto-e-branco. Dirigido por Christian Nyby. Distribuição: Versátil Home Video

Um grande clássico da ficção científica da RKO, com toques de terror, que marcou a década de 50 fazendo sucesso nos cinemas e na TV. Tamanho o sucesso que foi refilmado duas vezes, com o título de “O enigma de outro mundo” – a primeira versão era a impressionante e violenta versão de John Carpenter, de 1982, e depois veio a de 2011, assustadora e bem parecida com a anterior.

“O monstro do Ártico” teve produção assinada pelo mestre do faroeste e realizador de comédias Howard Hawks (que também dirigiu a fita, mas não aparece nos créditos) e aborda um tema comum no cinema scifi daquela época, de descobertas de novos mundos onde, sem ninguém saber, habitam seres alienígenas. Na história, cientistas, com ajuda de militares americanos, terão pela frente longos dias para destruir uma criatura milenar encontrada no Polo Norte (a diferença deste está na amenidade da concepção do monstro, em formato de humano, com longas unhas e cabeça disforme – enquanto as duas versões futuras traziam bichos gosmentos, asquerosos, além de mortes bizarras e sangue aos montes).

Dirigido por Christian Nyby, o roteiro é do famoso Charles Lederer, adaptado de um conto, “Who goes there?”, de John W. Campbell Jr.

Saiu em DVD pela primeira vez no Brasil em 2015, no box “Clássicos Sci-fi – volume 2”, pela Versátil, com outros cinco títulos: “Scanners: Sua mente pode destruir” (1981), “O homem dos olhos de raio-X” (1963), “Matadouro 5” (1972), “No mundo de 2020” (1973) e “Robinson Crusoé em Marte” (1964).

Linha
tamanho da fonte | Diminuir Aumentar
Linha

Sobre o Colunista:

Felipe Brida

Felipe Brida

Jornalista e especialista em Artes Visuais e Intermeios pela Unicamp. Pesquisador na área de cinema desde 1997. Ministra palestras e minicursos de cinema em faculdades e universidades. Professor de Semiótica e História da Arte no Imes Catanduva (Instituto Municipal de Ensino Superior de Catanduva) e coordenador do curso técnico de Arte Dramática no Senac Catanduva. Redator especial dos sites de cinema E-pipoca e Cineminha (UOL). Apresenta o programa semanal Mais Cinema, na Nova TV Catanduva, e mantém as colunas Filme & Arte, na rede "Diário da Região", e Middia Cinema, na Middia Magazine. Escreve para o site Observatório da Imprensa e para o informativo eletrônico Colunas & Notas. Consultor do Brafft - Brazilian Film Festival of Toronto 2009 e do Expressions of Brazil (Canadá). Criador e mantenedor do blog Setor Cinema desde 2003. Como jornalista atuou na rádio Jovem Pan FM Catanduva e no jornal Notícia da Manhã. Ex-comentarista de cinema nas rádios Bandeirantes e Globo AM, foi um dos criadores dos sites Go!Cinema (1998-2000), CINEinCAT (2001-2002) e Webcena (2001-2003), e participa como júri em festivais de cinema de todo o país. Contato: felipebb85@hotmail.com

Linha
Todas as máterias

Efetue seu login

O DVDMagazine mantém você conectado aos seus amigos e atualizado sobre tudo o que acontece com eles. Compartilhe, comente e convide seus amigos!

E-mail
Senha
Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado?

Bem vindo ao DVDMagazine. Ao se cadastrar você pode compartilhar suas preferências, comentar ou convidar seus amigos para te "assistir". Cadastre-se já!

Nome Completo
Sexo
Data de Nascimento
E-mail
Senha
Confirme sua Senha
Aceito os Termos de Cadastro