Um Doce Refúgio

O designer gráfico Michel (Bruno Podalydès) sempre foi fascinado por aviões e desde pequeno gostaria de pilotar um. Sem que a esposa saiba, compra um caiaque, que possui aerodinâmica semelhante a uma aeronave, e parte sozinho para uma viagem em busca de um velho sonho.

13/05/2019 16:47 Por Felipe Brida
Um Doce Refúgio

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

Um Doce Refúgio (Comme un avion). França, 2015, 104 min. Comédia dramática. Colorido. Dirigido por Bruno Podalydès. Distribuição: Mares Filmes

Uma apaixonante comédia francesa escrita, dirigida e protagonizada por Bruno Podalydès, num papel diferente do que costumamos ver por aí. Ele interpreta um artista gráfico sonhador, que vive aéreo, afundado em pensamentos sobre a vida. Ouve músicas clássicas para fugir da chata realidade, ama tecnologia e é vidrado em aviões. Resolve comprar um caiaque, tira férias sem a esposa desconfiar e segue para uma incrível viagem pelo interior da França, passeando por lindos campos e rios, onde reinventará um avião com muita criatividade e persistência. Os dias que passará afastado do intenso cotidiano mudarão para sempre sua forma de ver o mundo.

Indico para quem curte fitas leves, agradáveis, fáceis de assimilar. O filme é pura poesia, bem-humorado, soa ingênuo com suas alegorias românticas e é muito bucólico (as lindas paisagens campestres do interior da França aguçam nossa vontade de ir para lá).

O ator Bruno Podalydès segue os primeiros passos na direção, sendo um bom exemplo à nova geração de cineastas de seu país. Ele também soube escolher a trilha sonora, com músicas clássicas, como Bach, e outras famosonas norte-americanas, dentre elas duas que gosto demais, “Don't let me be misunderstood” e “Michael row the boat ashore”. E escalou duas atrizes maravilhosas que não passam despercebidas, Sandrine Kiberlain (como a esposa de Michel) e Agnès Jaoui (indicada ao César de atriz coadjuvante por este trabalho). Em DVD pela Mares Filmes.

Linha
tamanho da fonte | Diminuir Aumentar
Linha

Sobre o Colunista:

Felipe Brida

Felipe Brida

Jornalista e especialista em Artes Visuais e Intermeios pela Unicamp. Pesquisador na área de cinema desde 1997. Ministra palestras e minicursos de cinema em faculdades e universidades. Professor de Semiótica e História da Arte no Imes Catanduva (Instituto Municipal de Ensino Superior de Catanduva) e coordenador do curso técnico de Arte Dramática no Senac Catanduva. Redator especial dos sites de cinema E-pipoca e Cineminha (UOL). Apresenta o programa semanal Mais Cinema, na Nova TV Catanduva, e mantém as colunas Filme & Arte, na rede "Diário da Região", e Middia Cinema, na Middia Magazine. Escreve para o site Observatório da Imprensa e para o informativo eletrônico Colunas & Notas. Consultor do Brafft - Brazilian Film Festival of Toronto 2009 e do Expressions of Brazil (Canadá). Criador e mantenedor do blog Setor Cinema desde 2003. Como jornalista atuou na rádio Jovem Pan FM Catanduva e no jornal Notícia da Manhã. Ex-comentarista de cinema nas rádios Bandeirantes e Globo AM, foi um dos criadores dos sites Go!Cinema (1998-2000), CINEinCAT (2001-2002) e Webcena (2001-2003), e participa como júri em festivais de cinema de todo o país. Contato: felipebb85@hotmail.com

Linha
Todas as máterias

Efetue seu login

O DVDMagazine mantém você conectado aos seus amigos e atualizado sobre tudo o que acontece com eles. Compartilhe, comente e convide seus amigos!

E-mail
Senha
Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado?

Bem vindo ao DVDMagazine. Ao se cadastrar você pode compartilhar suas preferências, comentar ou convidar seus amigos para te "assistir". Cadastre-se já!

Nome Completo
Sexo
Data de Nascimento
E-mail
Senha
Confirme sua Senha
Aceito os Termos de Cadastro