Lançamento em DVD: Fora de Alcance (Beyond the Reach)

É difícil entender porque Michael Douglas concordou em estrelar este filme B

03/11/2015 13:21 Por Rubens Ewald Filho
Lançamento em DVD: Fora de Alcance (Beyond the Reach)

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

Fora de Alcance (Beyond the Reach)

EUA, 14. 91 min. Direção de Jean-Baptiste Leonetti. Roteiro de Stephen Susco. Com Michael Douglas, Jeremy Irvine, Ronnie Cox, Hanna Mangan Lawrence, Patricia Bethune.

É difícil entender porque Michael Douglas concordou em estrelar este filme B que mesmo nos EUA passou rapidamente por poucos cinemas e já foi para Home Video e Video on Demand. É certamente o pior filme de sua carreira, mais dispensável e só resta esperar que tenha levado ao menos uma boa grana de salário. É uma produção da Relativy Media, que é uma refilmagem de um telefilme chamado Savages, de 74 com Sam Bottoms e Andy Griffith. Baseado no livro Deathwatch de 72 de Robb White. Um pseudo thriller previsível, rodado no território dos índios no deserto de Mojave. E nada ajudado pelo inexpressivo e nada carismático astro de Cavalo de Guerra, que ainda por cima envelhece mal. Ele faz um guia de caça no deserto que sai com um milionário sem escrúpulos que esta ansioso para matar animais. Mas apressado atira no que vem a ser um velho minerador. O rapaz já tinha aceitado suborno antes e por isso fica sem moral quando tenta chamar a policia. Começa então uma caçada humana (ele descalço e de cueca) pelo deserto, sendo que ele para num velho refúgio de mineradores até o que parece ser o clímax na delegacia. Mas tem ainda um adendo para o final que torna tudo ainda mais clichê e indesculpável.

Linha
tamanho da fonte | Diminuir Aumentar
Linha

Sobre o Colunista:

Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho é jornalista formado pela Universidade Católica de Santos (UniSantos), além de ser o mais conhecido e um dos mais respeitados críticos de cinema brasileiro. Trabalhou nos maiores veículos comunicação do país, entre eles Rede Globo, SBT, Rede Record, TV Cultura, revista Veja e Folha de São Paulo, além de HBO, Telecine e TNT, onde comenta as entregas do Oscar (que comenta desde a década de 1980). Seus guias impressos anuais são tidos como a melhor referência em língua portuguesa sobre a sétima arte. Rubens já assistiu a mais de 30 mil filmes entre longas e curta-metragens e é sempre requisitado para falar dos indicados na época da premiação do Oscar. Ele conta ser um dos maiores fãs da atriz Debbie Reynolds, tendo uma coleção particular dos filmes em que ela participou. Fez participações em filmes brasileiros como ator e escreveu diversos roteiros para minisséries, incluindo as duas adaptações de “Éramos Seis” de Maria José Dupré. Ainda criança, começou a escrever em um caderno os filmes que via. Ali, colocava, além do título, nomes dos atores, diretor, diretor de fotografia, roteirista e outras informações. Rubens considera seu trabalho mais importante o “Dicionário de Cineastas”, editado pela primeira vez em 1977 e agora revisado e atualizado, continuando a ser o único de seu gênero no Brasil.

Linha
Todas as máterias

Efetue seu login

O DVDMagazine mantém você conectado aos seus amigos e atualizado sobre tudo o que acontece com eles. Compartilhe, comente e convide seus amigos!

E-mail
Senha
Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado?

Bem vindo ao DVDMagazine. Ao se cadastrar você pode compartilhar suas preferências, comentar ou convidar seus amigos para te "assistir". Cadastre-se já!

Nome Completo
Sexo
Data de Nascimento
E-mail
Senha
Confirme sua Senha
Aceito os Termos de Cadastro
30 fotos grátis na 1a compra BF3