Entrevista Excluisiva com ROBERTA SÁ

Leia a entrevista que realizamos com a cantora no lançamento do seu primeiro DVD, PRA SE TER ALEGRIA. Ela nos conta um pouco mais sobre a sua carreira e responde também algumas perguntas de fãs realizadas através do DVD Magazine.

03/10/2012 14:31 Da Redação
Entrevista Excluisiva com ROBERTA SÁ

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

DVD MAGAZINE: Roberta, apesar de ter ficado somente quatro semanas no programa Fama, você atribui a ele a chance de ter conseguido os contatos para chegar ao sucesso que faz hoje?
ROBERTA SÁ: No programa conheci o Felipe Abreu, que é meu preparador vocal até hoje. Ele me apresentou ao Rodrigo Campello (produtor dos meus dois discos e do DVD) e, através da Fernanda Abreu, ao meu empresário e sócio João Mário Linhares. Mas acho que o sucesso ao qual você se refere, acontece do encontro com essas pessoas, do crescimento dessas parcerias e não simplesmente de contatos. Trabalho, seriedade e verdade são elementos fundamentais para formação de um artista. Sucesso é consequência.

Você fez uma mini temporada apresentando as músicas de Carmen Miranda. De onde veio a idéia de fazer esse espetáculo e o que isso representou para você?
- Fui convidada pelo diretor musical do projeto, Luís Filipe de Lima, para fazer parte desse projeto do CCBB em homenagem aos 100 anos de Carmen Miranda. Tem sido maravilhoso mergulhar no universo de uma artista tão importante da história da música Brasileira. Nos shows, além de música, contamos com os comentários de Ruy Castro que sabe tudo da vida e carreira da Pequena Notável. Uma verdadeira aula, um grande aprendizado.

Você que está lançando o primeiro DVD, acha que a pirataria está acabando com o mercado fonográfico?
- Acho que estamos aprendendo a lidar com as novas tecnologias, e a situação parece estar bem melhor. Mas procuro não pensar em mercado. Penso em música. E a música não acaba nunca.

Como está a programação de turnê desse DVD? Tem apresentações marcadas no exterior?
- A partir de setembro começamos a turnê, mas os  locais não estão definidos ainda.

Você costuma assistir DVDs? O que você gosta de assistir?
- Costumo. Tenho caixas de filmes e inúmeros shows.

Gustavo Rodrigues, Recife-PE: A cada dia que passa temos mais orgulho de ver você sendo convidada a participar de tantos projetos bacanas, ter ganho disco de ouro, concorrido a prêmios importantes de música, etc. Você já se deu conta de que é a mais nova diva da música brasileira e que já faz parte do hall das grandes cantoras do nosso país, que ficará na história? Como você se sente com tudo isso?
- Oi Gustavo, muito obrigada!  Eu só penso em fazer música e em crescer como artista. Fico muito lisonjeada em vocês me colocarem nessa posição. Sinal de que vocês curtem o que estou fazendo. E ouvir o público cantando tudo, se divertindo, é o maior prêmio que eu poderia receber.

Gabriela Borges, Rio de Janeiro–RJ: Qual a sua ligação com o forró? Você gravou "Tum Tum Tum" para o cd "Forró pras Crianças" e fez um forró pra Mariana Aydar, a belíssima "Tá". Pretende gravar mais músicas desse estilo musical? 
- Fui criada ouvindo forró, adoro. A música nordestina faz parte da minha formação. Pode ser que eu grave, sim.

Aline Roberta, Belo Horizonte-MG: Roberta, gostaria imensamente de ouvi-la interpretando canções de Clara Nunes. Você vê chance desse meu desejo tornar-se realidade através de algum projeto futuro?
- Oi Aline. Cantei “Meu sapato já furou”no DVD Samba Social Clube que a Clara gravou. A Clara é uma grande referência, uma voz fantástica, que interpretou muitas canções que se tornaram clássicos da música brasileira. É totalmente possível.

Camilla Siqueira - Fortaleza-CE: Uma vez vi que escreveram sobre você o seguinte: Roberta Sá é o tipo de cantora que canta porque gosta, o que gosta e pra quem gosta. Pra você, o que é cantar?
- É, em primeiro lugar, uma forma de comunicação. Foi a melhor e mais deliciosa maneira que encontrei para expressar o que me emociona, o que penso e o que sinto.

Ricardo Moreira - Belo Horizonte–MG: O CD "Sambas e Bossas" só é encontrado na internet via download e ainda tem algumas pessoas que não conhecem esse seu trabalho por não ser uma gravação oficial... Você já pensou em lançá-lo oficialmente para que ele entre para sua discografia e seja do conhecimento de todo o seu publico?
- Oi Ricardo. Por enquanto não estamos pensando nisso. Esse disco foi gravado em menos de uma semana por encomenda de uma empresa. Embora eu goste muido dele, não foi um disco pensado para ser lançado no mercado. Acredito que ele tenha cumprido seu papel e  acho bacana está na rede para quem quiser baixar! Quem sabe mais pra frente?

Mauro Cordeiro, Rio de Janeiro-RJ: Para toda grande intérprete o processo para escolha de repertório costuma ser difícil e ao mesmo tempo prazeroso. Nesse momento o que mais pesa em suas escolhas, o que faz uma música ganhar um lugar no seu disco?
- Paixão. Se caio de amores por uma canção e não consigo ouvir outra coisa já penso em gravá-la. Se ela couber no projeto, tiver a ver com o universo que estamos trabalhando, ela entra no disco.

DVD MAGAZINE: Agradecemos muito pela atenção e desejamos sempre muito sucesso!

(LEIA A RESENHA DO DVD PRA SE TER ALEGRIA)

Publicada em 10/05/2009

Linha
tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

últimas matérias

Todas as máterias

Efetue seu login

O DVDMagazine mantém você conectado aos seus amigos e atualizado sobre tudo o que acontece com eles. Compartilhe, comente e convide seus amigos!

E-mail
Senha
Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado?

Bem vindo ao DVDMagazine. Ao se cadastrar você pode compartilhar suas preferências, comentar ou convidar seus amigos para te "assistir". Cadastre-se já!

Nome Completo
Sexo
Data de Nascimento
E-mail
Senha
Confirme sua Senha
Aceito os Termos de Cadastro
30 fotos grátis na 1a compra BF3