RESENHA CRÍTICA - SÉRIE: Crisis in Six Scenes

É triste assistir algo tão infeliz e mal feito

31/07/2017 11:42 Por Rubens Ewald Filho
RESENHA CRÍTICA - SÉRIE: Crisis in Six Scenes

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

Crisis in Six Scenes

EUA, 17. Direção de Woody Allen. Seis capítulos de 23 minutos. Escrito, dirigido e estrelado por Allen para a Amazon. Com Miley Cyrus, Elaine May, Joy Behar, Joe Magaro, Rachel Brosnahan, Mary Boyer, Margaret Goodman, Julie Halston, Rebecca Shulman, o comediante frances Gad Elmaleh, Nina Arianda, Christine Ebersole, Michael Rapaport, Deborah Rush.

Sou fã de carteirinha e desde o primeiro momento de Woody Allen, que numa longa carreira teve muitos momentos de glória e brilhantismo e ocasionais lapsos de fraqueza, já que com seu hábito de fazer um filme por ano, parece lógico que ocasionalmente trabalhasse em um projeto mais fraco e menos engraçado. O que é perdoável já que não existe nenhum contemporâneo como este incansável trabalhador com elenco de amigos e orçamento restrito. Foi a produtora Amazon, sim essa mesma dos livros e compras, quem o convenceu o fazer uma pequena série de apenas 6 capítulos com vinte e cinco minutos cada. Uma comédia caseira com pontas de amigos e onde ele naturalmente escreveu o texto, as piadas (as poucas que funcionaram), fez a direção precária praticamente num único cenário (uma casa familiar) e se atrapalhou todo num projeto lamentável. É triste assistir algo tão infeliz e mal feito. Até a Amazon percebeu isso e resolveu agora produzir o próximo filme dele, mas primeiro passando no cinema e depois sim pelo streaming deles! A notícia saiu esses dias e vai se chamar Wonder Wheel!

Espero que retornem os bons tempos e volte a usar o tempo de comédia e as frases inteligentes todas dispensadas aqui, onde Woody está com problemas de dinheiro e com sua mulher trapalhada que cede a casa para suas amigas que são modernosas e liberais (quem faz o papel da esposa é a veteraníssima diretora e humorista Elaine May, que escreveu filmes horríveis como o lendário Ishtar, adaptações melhores com A Gaiola das Loucas, Segredos do Poder, que lhe deu indicação ao Oscar e mais outro, O céu Pode Esperar de Warren Beatty.

Quem também está no elenco (e péssima) é Miley Cirus, que cresceu e engordou, ficou de voz grossa e ainda por cima foi mal filmada, como outra jovem que se revolva contra a família (o que seria coisa dos anos 70 ainda!). Há gritarias, confusões, mas tudo parece ter sido feito às pressas, coisa que nem filme brasileiro da época fazia. É triste e de chorar. Woody Allen não poderia fazer isso pelo simples prazer de ganhar mais grana! Comprometeu toda sua filmografia... Mia Farrow deve estar vibrando com isso...

Linha
tamanho da fonte | Diminuir Aumentar
Linha

Sobre o Colunista:

Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho é jornalista formado pela Universidade Católica de Santos (UniSantos), além de ser o mais conhecido e um dos mais respeitados críticos de cinema brasileiro. Trabalhou nos maiores veículos comunicação do país, entre eles Rede Globo, SBT, Rede Record, TV Cultura, revista Veja e Folha de São Paulo, além de HBO, Telecine e TNT, onde comenta as entregas do Oscar (que comenta desde a década de 1980). Seus guias impressos anuais são tidos como a melhor referência em língua portuguesa sobre a sétima arte. Rubens já assistiu a mais de 30 mil filmes entre longas e curta-metragens e é sempre requisitado para falar dos indicados na época da premiação do Oscar. Ele conta ser um dos maiores fãs da atriz Debbie Reynolds, tendo uma coleção particular dos filmes em que ela participou. Fez participações em filmes brasileiros como ator e escreveu diversos roteiros para minisséries, incluindo as duas adaptações de “Éramos Seis” de Maria José Dupré. Ainda criança, começou a escrever em um caderno os filmes que via. Ali, colocava, além do título, nomes dos atores, diretor, diretor de fotografia, roteirista e outras informações. Rubens considera seu trabalho mais importante o “Dicionário de Cineastas”, editado pela primeira vez em 1977 e agora revisado e atualizado, continuando a ser o único de seu gênero no Brasil.

Linha
Todas as máterias

Efetue seu login

O DVDMagazine mantém você conectado aos seus amigos e atualizado sobre tudo o que acontece com eles. Compartilhe, comente e convide seus amigos!

E-mail
Senha
Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado?

Bem vindo ao DVDMagazine. Ao se cadastrar você pode compartilhar suas preferências, comentar ou convidar seus amigos para te "assistir". Cadastre-se já!

Nome Completo
Sexo
Data de Nascimento
E-mail
Senha
Confirme sua Senha
Aceito os Termos de Cadastro
30 fotos grátis na 1a compra BF3