O Exterminador do Século 23

Jack Deth (Tim Thomerson) é um policial do futuro que chega a Los Angeles para caçar criminosos transformados em zumbis mortais

23/09/2018 00:36 Por Felipe Brida
O Exterminador do Século 23

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

O Exterminador do Século 23 (Trancers). EUA, 1984, 76 min. Ficção científica/Ação. Colorido. Dirigido por Charles Band. Distribuição: Versátil Home Video

Também conhecido como “Trancers – O tira do futuro”, o divertido filme B de scifi com aventura saiu em DVD recentemente pela Versátil Home Video, em cópia restaurada, num box em homenagem a obras cultuadas do gênero. Trancers invadiu o restrito mundo dos fãs de ficção científica na década de 80 e veio na onda de “Blade runner” (1984), com roteiro semelhante, de um policial do futuro pronto para eliminar um grupo de zumbis infiltrados em Los Angeles, sedentos por sangue e carne humana. Tudo ocorre numa Los Angeles caótica, suja, em becos escuros (mesma ambientação de Blade Runner), com perseguições frenéticas e muitos tiros (sem apelar para o sangue, até os zumbis nem parecem zumbis como conhecemos de outros filmes, a pegada é ação pura).

Uma produção barata (U$ 400 mil) do cinema alternativo, altamente inventiva, lançada no mesmo ano de “O exterminador do futuro”, com estruturas bem semelhantes, repleta de efeitos especiais retrô (vistos sob a ótica de hoje), na moda das cores neon e sequências em slow motion, novidades para a época.

Foi um dos primeiros filmes de Helen Hunt, a mocinha da história, que já tinha aparecido em séries nos anos 70 – na época tinha 21 anos, e fazia par com o ator principal, Tim Thomerson, canastrão como de costume (e aqui soa bem esse seu perfil).

Deu origem a continuações, seis no total: “O tira do futuro” (1991, também dirigido por Charles Band), para cinema, e o restante para home vídeo, “A luta pela sobrevivência” (1992), “Fome de sangue” (1994), “A volta para casa” (1994) e “Trancers 6” (2002 – o único sem a presença de Tim Thomerson). Existiu ainda um curta intermediário entre o primeiro e o segundo, criado pelo próprio Charles Band, chamado “Trancers: City of lost angels” (1988), praticamente desconhecido.

Adorei revê-lo esta semana, um filme que via quando criança. Bateu uma nostalgia! Deixo agora como dica para quem se interessar! Ah, e além dessa obra bacanérrima, temos a oportunidade de acompanhar outros trabalhos de ficção científica contidos no mesmo box, chamado “Clássicos Sci-fi – Volume 4”, um digistack que reúne “Estranhos prazeres”, (1995), “Caltiki – O monstro imortal” (1959), “Geração Proteus” (1977), “Guerra entre planetas” (1955) e “Vale proibido” (1969). São três discos, com extras especiais, e na caixa vem cards colecionáveis. Fresquinho pela Versátil! Aproveite!

Linha
tamanho da fonte | Diminuir Aumentar
Linha

Sobre o Colunista:

Felipe Brida

Felipe Brida

Jornalista e especialista em Artes Visuais e Intermeios pela Unicamp. Pesquisador na área de cinema desde 1997. Ministra palestras e minicursos de cinema em faculdades e universidades. Professor de Semiótica e História da Arte no Imes Catanduva (Instituto Municipal de Ensino Superior de Catanduva) e coordenador do curso técnico de Arte Dramática no Senac Catanduva. Redator especial dos sites de cinema E-pipoca e Cineminha (UOL). Apresenta o programa semanal Mais Cinema, na Nova TV Catanduva, e mantém as colunas Filme & Arte, na rede "Diário da Região", e Middia Cinema, na Middia Magazine. Escreve para o site Observatório da Imprensa e para o informativo eletrônico Colunas & Notas. Consultor do Brafft - Brazilian Film Festival of Toronto 2009 e do Expressions of Brazil (Canadá). Criador e mantenedor do blog Setor Cinema desde 2003. Como jornalista atuou na rádio Jovem Pan FM Catanduva e no jornal Notícia da Manhã. Ex-comentarista de cinema nas rádios Bandeirantes e Globo AM, foi um dos criadores dos sites Go!Cinema (1998-2000), CINEinCAT (2001-2002) e Webcena (2001-2003), e participa como júri em festivais de cinema de todo o país. Contato: felipebb85@hotmail.com

Linha

relacionados

Todas as máterias

Efetue seu login

O DVDMagazine mantém você conectado aos seus amigos e atualizado sobre tudo o que acontece com eles. Compartilhe, comente e convide seus amigos!

E-mail
Senha
Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado?

Bem vindo ao DVDMagazine. Ao se cadastrar você pode compartilhar suas preferências, comentar ou convidar seus amigos para te "assistir". Cadastre-se já!

Nome Completo
Sexo
Data de Nascimento
E-mail
Senha
Confirme sua Senha
Aceito os Termos de Cadastro