NA NETFLIX: Atypical

Assisti com interesse e prazer. Espero que outros pensem o mesmo

15/08/2017 12:51 Por Rubens Ewald Filho
NA NETFLIX: Atypical

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

Atypical

EUA, 2017. 30 min. cada episódio. Com Jennifer Jason Leigh, Amy Okida, Brigitte Lundy Paine, Keir Gilchrist, Michael Rapaport, Graham Rogers, Jenna Boyer, Nick Dodan.

Esta é a mais recente série da Netflix, que poderá causar polêmicas já que se trata de um tema ainda mal aceito pela sociedade, o autismo, e que justamente por isso poderá provocar criticas do que vão achar que o assunto é tratado como comédia, como romance, ou drama familiar. Vai ver foi por isso que gostei tanto, os personagens da família Gardner são verossímeis, humanos, as situações críveis e por vezes ate constrangedoras, mas sempre a favor do herói, um adolescente de 18 anos, ansioso por encontrar um espaço para ter uma vida normal como os colegas. São quatro, Sam (o inglês Keir Gilchrist, da série United States of Tara) é um autista auxiliado por uma professora oriental – a ótima Amy Okuda, que o ajuda muito mesmo sem entender sempre. A mãe Elsa (a veterana Jennifer Jason Leigh, filha de Vic Morrow e que esteve há pouco tempo no Os Oito Odiados, de Tarantino, que lhe deu indicação ao Oscar) que apesar de ocupada com os filhos, tem problemas com o marido que tenta resolver num grupo de autoajuda. A única filha é uma garota charmosa (Brigitte Lundy Paine) que tenta não atrapalhar o irmão e eventualmente se interessa por um loiro que foi expulso da escola (o eficiente Graham Rogers, embora a revelação da série seja Brigitte, cantora que já está com vários projetos em andamento, será estrela muito em breve). O pai é modesto de idéias e recursos e feito por um ator conhecido nos anos 70, Michael Rapaport (gostei de ver estrelando séries atores com quem estive em festivais, Jennifer sempre com cara de mau humor e uma vozinha irritante, e Rapaport um loiro coadjuvante, que trabalhou para Woody Allen).

Ou seja, uma não tanta típica família americana, de pessoas desajeitadas, que tentam ajudar os filhos na High School, que não fogem do adultério, mas no fundo são boas pessoas ansiosas para entenderem como ajudar o filho, que com bom protagonista tem as melhores saídas e mais divertidas confusões. Mas não chega a ser bem um sitcom talvez pelo talento do elenco que leva tudo muito a sério. E felizmente o autismo, sem exagero nem de dramaticidade, é basicamente um adolescente não diferente dos outros, que agora quer namorar, conhecer as garotas e ter uma vida o mais normal possível. Assisti com interesse e prazer. Espero que outros pensem o mesmo.

Linha
tamanho da fonte | Diminuir Aumentar
Linha

Sobre o Colunista:

Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho é jornalista formado pela Universidade Católica de Santos (UniSantos), além de ser o mais conhecido e um dos mais respeitados críticos de cinema brasileiro. Trabalhou nos maiores veículos comunicação do país, entre eles Rede Globo, SBT, Rede Record, TV Cultura, revista Veja e Folha de São Paulo, além de HBO, Telecine e TNT, onde comenta as entregas do Oscar (que comenta desde a década de 1980). Seus guias impressos anuais são tidos como a melhor referência em língua portuguesa sobre a sétima arte. Rubens já assistiu a mais de 30 mil filmes entre longas e curta-metragens e é sempre requisitado para falar dos indicados na época da premiação do Oscar. Ele conta ser um dos maiores fãs da atriz Debbie Reynolds, tendo uma coleção particular dos filmes em que ela participou. Fez participações em filmes brasileiros como ator e escreveu diversos roteiros para minisséries, incluindo as duas adaptações de “Éramos Seis” de Maria José Dupré. Ainda criança, começou a escrever em um caderno os filmes que via. Ali, colocava, além do título, nomes dos atores, diretor, diretor de fotografia, roteirista e outras informações. Rubens considera seu trabalho mais importante o “Dicionário de Cineastas”, editado pela primeira vez em 1977 e agora revisado e atualizado, continuando a ser o único de seu gênero no Brasil.

Linha
Todas as máterias

Efetue seu login

O DVDMagazine mantém você conectado aos seus amigos e atualizado sobre tudo o que acontece com eles. Compartilhe, comente e convide seus amigos!

E-mail
Senha
Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado?

Bem vindo ao DVDMagazine. Ao se cadastrar você pode compartilhar suas preferências, comentar ou convidar seus amigos para te "assistir". Cadastre-se já!

Nome Completo
Sexo
Data de Nascimento
E-mail
Senha
Confirme sua Senha
Aceito os Termos de Cadastro
30 fotos grátis na 1a compra BF3