Globo de Ouro 2013: Impresses

Rubens Ewald Filho Fez a Transmisso ao Vivo e Comenta a Cerimnia

14/01/2013 23:57 Por Rubens Ewald Filho
Globo de Ouro 2013: Impress천es

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

Eu sou que sou sempre um chato, que reclama de tudo, sabe que eu gostei. E o que me conquistou foi simplesmente o discurso e a presença da Jodie Foster, que achei arrebatadora. Concordei plenamente com a apresentadora Amy Poehler que disse que ia para casa com Jodie, embora no roteiro original estivesse o tigre do Pi!

A fala dela foi incrível, corajosa, assumida, inebriante, coisa de estrela mesmo... Mas embora as apresentadoras tenham sumido da metade para o fim do show, e metade das vezes a gente não soubesse se estavam bêbados ou fingindo que estavam (aliás, Sacha Cohen ganhou como o menos engraçado de todos, logo após aquele indiano chato), o começo foi bem engraçado com as brincadeiras até bem sacadas) acho que o Oscar® vai ter problemas, o apresentador deles é bem mais fraco do que a dupla das meninas.

Senti este ano mais boa vontade da imprensa americana com o prêmio, sinal de que alguma coisa certa eles estão fazendo. Engraçado que eles não tinham jeito de saber que o Oscar® eliminaria Ben Affleck da lista de diretores e, de repente, os dois prêmios para ele, acabou tornando o filme um concorrente forte para o Oscar®, ainda mais porque ele também ganhou o prêmio da crítica. E esqueceram do Ben simplesmente porque tudo foi votado as pressas, aí que está o erro.

Aliás, hoje saiu na imprensa daqui outra novidade: este ano todos os sócios da Academia poderão votar em melhor documentário, melhor curta de animação e curta de ficção, que antigamente ficava apenas para pequenos comitês. Outra coisa que estourou hoje foi a posição de dois dos atores mais engajados de Hollywood, Martin Sheen e Ed Asner se mostraram contra o filme A Hora mais Escura, acham que é culpado por não tomar posição diante da tortura. E na verdade, bem que o roteiro podia ter dado uma fala para a heroína ao menos lamentar a prática, reclamar nem que fosse em vão.

O Globo que votou antes da confusão, deu apenas o prêmio de melhor atriz para Jessica Chastain, que até agora ainda não me convenceu. Surgiu ano passado e de repente está em tudo que é filme (e em A Hora me pareceu meio descontrolada). Ao menos não recusou o de Daniel Day Lewis, que seria mesmo um escândalo. E Spielberg não levou nem mesmo com a presença em cena e avo vivo do ex-presidente Clinton lhe apoiando! Um momento que teve francamente um enorme impacto! Não em tape, mas ao vivo. E eu no estúdio depois ouvi o recado para a equipe contando que o Presidente has left the building logo depois de sua participação. Vamos e venhamos, um luxo quase tão grande quanto James Bond ensinar a Rainha da Inglaterra a pular de paraquedas. Quase, mas ainda assim menos.

Quem acabou prejudicado foi O Lado Bom da Vida (apesar do prêmio para Jennifer Lawrence) já que a imprensa estrangeira se sentiu na obrigação de apoiar Les Miserablesdando prêmio para Anne Hathaway e Hugh Jackman, que como já contei está cantando inexplicavelmente mal. Eles continuam acertando muito mais na área de televisão, voltando a premiar o poderoso Homeland, embora eu tenha um fraco por Newsroom, talvez por ser jornalista e me identificar com o texto excelente de Aaron Sorkin, o ótimo Game Chante (Virando o Jogo) fazendo justiça para a ótima e sempre esquecida Juliane Moore, Ed Harris e até Don Cheadle. Não gostei muito da série, mas ele é muito bom, e principalmente da série do momento que é Girls! Teve ainda a genial Maggie Smith (Downtown Abbey), Kevin Costner como ator que finalmente depois de 20 anos de exílio acertou numa.

No cinemaValentefoi o melhor animação (não curto), Tarantino o melhor roteiro (dá para contestar?),Amor o melhor filme estrangeiro, Adele e Skyfalla melhor canção, Aventuras de Pi a melhor trilha musical, e para mim o prêmio mais estranho que foi o de coadjuvante para Christoph Waltz por Django. O pior é que ele voltou a estar ótimo, mas podiam muito bem ter escolhido o Di Caprio, que está esforçado...

Enfim, não se saíram nada mal. E ao menos não ficou nada muito óbvio, ao contrário, embolou o meio do campo. Pode ser Lincoln, ou Argo, ou Amor, o bom é que o jogo está mais acerto e mais interessante. Mais do que nos últimos anos. No fundo é isso que a gente quer e espera. Ah, o que me lembra a melhor piada da festa, quando as meninas disseram que realmente Kathryn Bigelow deve entender muito de tortura, já que afinal de contas, foi casada por três anos com James Cameron, famoso por sua chatice e grosseria!

Linha
tamanho da fonte | Diminuir Aumentar
Linha

Sobre o Colunista:

Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho jornalista formado pela Universidade Catlica de Santos (UniSantos), alm de ser o mais conhecido e um dos mais respeitados crticos de cinema brasileiro. Trabalhou nos maiores veculos comunica豫o do pas, entre eles Rede Globo, SBT, Rede Record, TV Cultura, revista Veja e Folha de So Paulo, alm de HBO, Telecine e TNT, onde comenta as entregas do Oscar (que comenta desde a dcada de 1980). Seus guias impressos anuais so tidos como a melhor referncia em lngua portuguesa sobre a stima arte. Rubens j assistiu a mais de 30 mil filmes entre longas e curta-metragens e sempre requisitado para falar dos indicados na poca da premia豫o do Oscar. Ele conta ser um dos maiores fs da atriz Debbie Reynolds, tendo uma cole豫o particular dos filmes em que ela participou. Fez participa寤es em filmes brasileiros como ator e escreveu diversos roteiros para minissries, incluindo as duas adapta寤es de “ramos Seis” de Maria Jos Dupr. Ainda criana, comeou a escrever em um caderno os filmes que via. Ali, colocava, alm do ttulo, nomes dos atores, diretor, diretor de fotografia, roteirista e outras informa寤es. Rubens considera seu trabalho mais importante o “Dicionrio de Cineastas”, editado pela primeira vez em 1977 e agora revisado e atualizado, continuando a ser o nico de seu gnero no Brasil.

Linha

relacionados

Todas as mterias

Efetue seu login

O DVDMagazine mantm voc conectado aos seus amigos e atualizado sobre tudo o que acontece com eles. Compartilhe, comente e convide seus amigos!

E-mail
Senha
Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado?

Bem vindo ao DVDMagazine. Ao se cadastrar voc pode compartilhar suas preferncias, comentar ou convidar seus amigos para te "assistir". Cadastre-se j!

Nome Completo
Sexo
Data de Nascimento
E-mail
Senha
Confirme sua Senha
Aceito os Termos de Cadastro