Um Passado Sombrio

A inspetora Nancy Porter investiga o misterioso desaparecimento de uma criança. Oito anos atrás ela vivenciou algo parecido, que terminou com a morte de um bebê, fato que ainda a assombra. Na nova investigação, Nancy cruzará o caminho de duas jovens, suspeitas pelo crime no passado

09/11/2017 07:31 Por Felipe Brida
Um Passado Sombrio

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

Um passado sombrio (Every secret thing). EUA, 2014, 93 min. Dirigido por Amy Berg. Distribuição: Flashstar

Lançamento imperdível da Flashstar em home video, um suspense angustiante de investigação criminal, no melhor estilo que o cinema independente americano sabe produzir. Nesse primeiro trabalho de ficção, a diretora Amy Berg, indicada ao Oscar pelo polêmico documentário “Livrai-nos do mal” (2006), realizadora também do revelador “Janis: Little Girl Blue” (2015), sobre Janis Joplin, conta duas histórias de desaparecimento de crianças, em circunstâncias misteriosas, e a tentativa da polícia em descobrir o paradeiro de cada uma delas, fatos ocorridos num espaço de tempo de sete anos. Tanto no passado como no presente, os casos permanecem nas mãos de uma detetive audaciosa, que até hoje sente os efeitos trágicos do evento anterior, que culminou com a morte de um bebê e duas suspeitas presas - estas cumpriram pena por um período, agora encontram-se livres. Com o andamento das apurações dos crimes, a detetive irá mergulhar num labirinto de informações truncadas, não desistindo em saber quais os verdadeiros culpados.

Muito bem no papel central, Elizabeth Banks tem apoio no regular elenco secundário, como Diane Lane (desaparecida das telas), Nate Parker e Dakota Fanning (que aparece em todo tipo de filme). Atenção nas pistas deixadas, cada detalhe da história é imprescindível, mesmo que o desfecho seja ambíguo, com abertura para várias interpretações. Baseado no bestseller de Laura Lippman, o filme vai além de um suspense bem conduzido: tem um apelo para os sumiços de crianças nos Estados Unidos, que crescem a cada dia, mais da metade ligado a tráfico de órgãos. Passou nos cinemas americanos em 2014, com lançamento somente nesse bimestre no Brasil, em DVD.

 

 

Linha
tamanho da fonte | Diminuir Aumentar
Linha

Sobre o Colunista:

Felipe Brida

Felipe Brida

Jornalista e especialista em Artes Visuais e Intermeios pela Unicamp. Pesquisador na área de cinema desde 1997. Ministra palestras e minicursos de cinema em faculdades e universidades. Professor de Semiótica e História da Arte no Imes Catanduva (Instituto Municipal de Ensino Superior de Catanduva) e coordenador do curso técnico de Arte Dramática no Senac Catanduva. Redator especial dos sites de cinema E-pipoca e Cineminha (UOL). Apresenta o programa semanal Mais Cinema, na Nova TV Catanduva, e mantém as colunas Filme & Arte, na rede "Diário da Região", e Middia Cinema, na Middia Magazine. Escreve para o site Observatório da Imprensa e para o informativo eletrônico Colunas & Notas. Consultor do Brafft - Brazilian Film Festival of Toronto 2009 e do Expressions of Brazil (Canadá). Criador e mantenedor do blog Setor Cinema desde 2003. Como jornalista atuou na rádio Jovem Pan FM Catanduva e no jornal Notícia da Manhã. Ex-comentarista de cinema nas rádios Bandeirantes e Globo AM, foi um dos criadores dos sites Go!Cinema (1998-2000), CINEinCAT (2001-2002) e Webcena (2001-2003), e participa como júri em festivais de cinema de todo o país. Contato: felipebb85@hotmail.com

Linha
Todas as máterias

Efetue seu login

O DVDMagazine mantém você conectado aos seus amigos e atualizado sobre tudo o que acontece com eles. Compartilhe, comente e convide seus amigos!

E-mail
Senha
Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado?

Bem vindo ao DVDMagazine. Ao se cadastrar você pode compartilhar suas preferências, comentar ou convidar seus amigos para te "assistir". Cadastre-se já!

Nome Completo
Sexo
Data de Nascimento
E-mail
Senha
Confirme sua Senha
Aceito os Termos de Cadastro
30 fotos grátis na 1a compra BF3