RESENHA CRÍTICA: Rock n´Roll Por Trás da Fama (Rock n´Roll)

Um filme estranho mais do que comédia, uma autocelebração das dificuldades e paranoias de ser ato

03/10/2017 16:58 Por Rubens Ewald Filho
RESENHA CRÍTICA: Rock n´Roll Por Trás da Fama (Rock n´Roll)

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

Rock n´Roll Por Trás da Fama (Rock n´Roll)

França, 17. 2h3min. Direção de Guillaume Canet. Com Canet, Gilles Lelouche, Marion Cotillard, Philippe Lefebrve. Camille Rowe, Kev Adams, Ben Foster, Yvan Attal, Johnny Halliday.

Com estreia quase simultânea com a França, este é um filme estranho mais do que comédia, uma autocelebração das dificuldades e paranoias de ser ator e manter uma carreira de sucesso diante das pressões da imprensa e a inevitável velhice. O curioso é que seria um retrato mais que autobiográfico, uma auto paródia do que vem a ser o casal mais famoso da França no momento, o ator e diretor Canet e sua parceira Marion Cotillard, vencedora do Oscar e que também faz carreira em Hollywood. Eles têm um filho como conta o filme, mas também um novo rebento posterior. Ou seja, não é bem a verdade que eles revelam, mas uma sátira o que seria ter 43 anos e querer continuar a ser famoso, querido, admirado pelos jovens.

Tudo começa quando uma jovem atriz diz que ele já não tem rock n´roll nas veias! O que leva a uma série de desmandos, mas também a buscar conselhos com o Elvis Francês, Johnny Halliday amigo pessoal do ator. De certa maneira ele neutraliza a figura da esposa atriz e compreensiva, a adorável Marion, mas que por outro lado vai fazer um filme no Canadá (fato real) e fica obcecada em aprender o linguajar /sotaque do Canadá Francês de tal forma que tudo o mais vira secundário! Enquanto ele vai pirando aos poucos, inventando não apenas cenas e sotaques, mas também resolve experimentar drogas, inventar cenas inesperadas e por fim usar maquiagem que o vai deixando deformado!

Engraçado que esse tipo de auto sátira ou brincadeira, que tenta mostrar como sofre o pobre astro de cinema, ou do show business, é uma tradição do cinema e teatro, visto recentemente com Adam Sandler. Pobre menino rico que não sabe o que fazer da vida e do sucesso. Acho difícil se identificar com um personagem desses todo egocêntrico e ainda por cima pedir para a gente, o espectador rir, se divertir e se identificar com ele. O curioso é que as críticas francesas que andei lendo são muito favoráveis, mas não foi o que senti na versão brasileira, que resulta desagradável e pouco engraçada. Melhor dizendo é uma questão de gosto pessoal, ser capaz de achar graça no delírio do que no fundo é apenas uma ego trip.

Linha
tamanho da fonte | Diminuir Aumentar
Linha

Sobre o Colunista:

Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho é jornalista formado pela Universidade Católica de Santos (UniSantos), além de ser o mais conhecido e um dos mais respeitados críticos de cinema brasileiro. Trabalhou nos maiores veículos comunicação do país, entre eles Rede Globo, SBT, Rede Record, TV Cultura, revista Veja e Folha de São Paulo, além de HBO, Telecine e TNT, onde comenta as entregas do Oscar (que comenta desde a década de 1980). Seus guias impressos anuais são tidos como a melhor referência em língua portuguesa sobre a sétima arte. Rubens já assistiu a mais de 30 mil filmes entre longas e curta-metragens e é sempre requisitado para falar dos indicados na época da premiação do Oscar. Ele conta ser um dos maiores fãs da atriz Debbie Reynolds, tendo uma coleção particular dos filmes em que ela participou. Fez participações em filmes brasileiros como ator e escreveu diversos roteiros para minisséries, incluindo as duas adaptações de “Éramos Seis” de Maria José Dupré. Ainda criança, começou a escrever em um caderno os filmes que via. Ali, colocava, além do título, nomes dos atores, diretor, diretor de fotografia, roteirista e outras informações. Rubens considera seu trabalho mais importante o “Dicionário de Cineastas”, editado pela primeira vez em 1977 e agora revisado e atualizado, continuando a ser o único de seu gênero no Brasil.

Linha
Todas as máterias

Efetue seu login

O DVDMagazine mantém você conectado aos seus amigos e atualizado sobre tudo o que acontece com eles. Compartilhe, comente e convide seus amigos!

E-mail
Senha
Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado?

Bem vindo ao DVDMagazine. Ao se cadastrar você pode compartilhar suas preferências, comentar ou convidar seus amigos para te "assistir". Cadastre-se já!

Nome Completo
Sexo
Data de Nascimento
E-mail
Senha
Confirme sua Senha
Aceito os Termos de Cadastro
30 fotos grátis na 1a compra BF3