NA NETFLIX: Jogo Perigoso (Gerald´s Game)

Livro de Stephen King é transformado numa história de horror explícita, de uma forma até chocante

03/10/2017 08:43 Por Rubens Ewald Filho
NA NETFLIX: Jogo Perigoso (Gerald´s Game)

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

Jogo Perigoso (Gerald´s Game)

EUA, 2017. 1h43. Suspense. Direção de Mike Flanagan. História de Stephen King. Com Carla Gugino, Bruce Greenwood, Henry Thomas, Kate Siegel, Chiara Aurelia.

Não conhecia o diretor chamado Mike Flanagan (1978-). Parece curioso e lógico que ele tenha nascido na Cidade de Salem, famosa pelo julgamento das bruxas e que depois desde criança quis fazer filmes. Aos 21 anos começou com Makebelieve, 2000, Still Life, 2001, depois veio intervalo na televisão como diretor de fotografia. Mas logo voltou ao gênero em filmes, como o curta premiado Oculus, que depois virou um longa do mesmo nome. Em 2010, fez Absentia e Before I Wake, 15. Teve maior repercussão com Hush (16), que só passou na Netflix, o que levou justamente a adaptar o livro do mestre Stephen King, para esse serviço!

Não esperem demais do criador de “It” que aqui é transformado numa história de horror explícita, de uma forma até chocante. Que aos poucos vai envolvendo incesto, marido abusivo, eclipse solar, presenças estranhas e a violência que vai crescendo. Chega a ser bastante forte (justamente por ensinar mais uma vez como os homens podem agredir as mulheres, chegando as variantes de estupro!) e mesmo repulsivo quando a heroína Jessie (feita por Carla Gugino, já veterana de filmes como Sin City, A Falha de Santa Andreas, Olhos de Serpente de De Palma, na verdade tem 97 créditos). Ela vem de carro com o marido rico e mal-intencionado, que lhe preparou algemas. O mal humor começa quando ela dá Kobe Bife para o cachorro (porque essa carne é caríssima). Aos poucos e imediatamente ela vai se assustando, o marido vai ficando mais violento e começam lembranças e outros personagens misteriosos (um deles, vejam só, é logo o ex-garoto Henry Thomas ninguém menos do que o herói de Spielberg, em E.T.! Sim ele envelheceu mal e tem má aparência). Bom, logicamente que há um par de frases que são citações de King, e não é por causa disso que se achava que esta novela seria “infilmável”.

De qualquer forma, depois de uma morte, a história vai ficando cada vez mais complexa e violenta. Fiz uma pesquisa bastante grande sobre este trabalho de King (mais do que do diretor) e praticamente todas as reações dos profissionais são favoráveis. Não esqueça de reparar que o titulo original é O Jogo de Gerald, o protagonista). Já o leitor comum se dividiu e os críticos votantes não se entusiasmaram. Ou seja, é a velha polêmica que o mestre King sempre provoca.

Linha
tamanho da fonte | Diminuir Aumentar
Linha

Sobre o Colunista:

Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho é jornalista formado pela Universidade Católica de Santos (UniSantos), além de ser o mais conhecido e um dos mais respeitados críticos de cinema brasileiro. Trabalhou nos maiores veículos comunicação do país, entre eles Rede Globo, SBT, Rede Record, TV Cultura, revista Veja e Folha de São Paulo, além de HBO, Telecine e TNT, onde comenta as entregas do Oscar (que comenta desde a década de 1980). Seus guias impressos anuais são tidos como a melhor referência em língua portuguesa sobre a sétima arte. Rubens já assistiu a mais de 30 mil filmes entre longas e curta-metragens e é sempre requisitado para falar dos indicados na época da premiação do Oscar. Ele conta ser um dos maiores fãs da atriz Debbie Reynolds, tendo uma coleção particular dos filmes em que ela participou. Fez participações em filmes brasileiros como ator e escreveu diversos roteiros para minisséries, incluindo as duas adaptações de “Éramos Seis” de Maria José Dupré. Ainda criança, começou a escrever em um caderno os filmes que via. Ali, colocava, além do título, nomes dos atores, diretor, diretor de fotografia, roteirista e outras informações. Rubens considera seu trabalho mais importante o “Dicionário de Cineastas”, editado pela primeira vez em 1977 e agora revisado e atualizado, continuando a ser o único de seu gênero no Brasil.

Linha

relacionados

Todas as máterias

Efetue seu login

O DVDMagazine mantém você conectado aos seus amigos e atualizado sobre tudo o que acontece com eles. Compartilhe, comente e convide seus amigos!

E-mail
Senha
Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado?

Bem vindo ao DVDMagazine. Ao se cadastrar você pode compartilhar suas preferências, comentar ou convidar seus amigos para te "assistir". Cadastre-se já!

Nome Completo
Sexo
Data de Nascimento
E-mail
Senha
Confirme sua Senha
Aceito os Termos de Cadastro
30 fotos grátis na 1a compra BF3