RESENHA CRÍTICA: Teu Mundo Não Cabe nos Meus Olhos

Tudo é muito positivo, tocante e humano. O que me faz recomendar o filme

02/05/2018 17:44 Por Rubens Ewald Filho
RESENHA CRÍTICA: Teu Mundo Não Cabe nos Meus Olhos

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

Teu Mundo Não Cabe nos Meus Olhos

Brasil, 18. 1h36 min. Direção e roteiro de Paulo Nascimento. Com Edson Celulari, Soledad Villamil, Leonardo Machado, Roberto Birindelli, Hector Bidonde, Giovama Echeverria, José Vitor Castiel, Giovanna Echeverria, Carlos Cunha.

O ator Edson Celulari e o diretor Carlos Diegues foram dois dos co-produtores deste novo filme do realizador Paulo Nascimento, que me surpreendeu como o seu melhor trabalho de uma carreira em franca ascensão que tenho acompanhado principalmente através do Festival de Gramado onde diversas vezes foi premiado. Curiosamente neste mês agora ele vai estrear outro filme que se chama A Superfície da Sombra, novamente com Leonardo Machado - que é um dos apresentadores do Festival e que faz neste filme”Teu Mundo” o papel do empregado de confiança da pizzaria no que vem a ser a melhor interpretação de sua carreira! No elenco estão ainda Giovanna Echeverria e o consagrado Cesar Troncoso, bom ator uruguaio que tem feito carreira também no Brasil.

Paulo também tem realizado séries de TV inclusive com o próprio Celulari (Animal) e tem outro em andamento chamada “Chuteira Preta”. Em Gramado, foi premiado pelos filmes Em Teu Nome, Diário de um Novo Mundo e Ao Oeste do Fim do Mundo. Mas ouso dizer que este é seu melhor trabalho. Inclusive porque conta uma história para mim inédita, nunca vi ao menos um filme sobre essa temática nem Celulari numa interpretação tão boa, segura e humana. Esta é a historia de um dono de uma pizzaria no Bexiga que ele administra apesar de ser cego. Ele é casado com uma argentina,no caso, o papel é da atriz e cantora argentina Soledad Villamil, que aprendeu a falar português para o personagem. A bela Soledad é conhecida também por alguns filmes de sucesso com o premiado com o Oscar, O Segredo dos Seus Olhos, mais O Mesmo Amor, A Mesma Chuva, Não é Você, sou Eu.

Este projeto foi também co-produzido pela Paris Filmes e terá uma trilha descritiva para ajudar os cegos a entenderem melhor o filme. Mas não pensem que é um filme melodramático ou excessivamente trágico. Celulari sofre a pressão da esposa para experimentar uma novidade, fazer uma operação na vista que irá ao menos lhe dar uma visão parcial, de um mundo que desconhece. Mas que tem medo de enfrentar. Como diz seu resumo é a história de um cego que recusa ver o mundo a sua volta! É uma situação interessante e para mim original que nunca chega a cair em exageros, ao contrário, tudo é muito positivo, tocante e humano. O que me faz recomendar o filme.

Mas tenho que confessar uma surpresa. Levei um susto quando logo no começo há uma pequena sequência onde apresentam as fotos de Edison com os frequentadores da pizzaria, incluindo Fernanda Montenegro, Washington Olivetto, Tony Ramos e, para minha surpresa, eu. Depois o Paulo me lembrou que há cerca de dois anos atrás ele tinha pedido permissão para usar uma foto de arquivo e que eu tinha concordado. Não devo ter levado a sério porque não lembrava disso, mas foi um susto e certamente estou em boa companhia. O fato de estar num filme de qualidade só me deixa mais contente.

Linha
tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

relacionados

Todas as máterias

Efetue seu login

O DVDMagazine mantém você conectado aos seus amigos e atualizado sobre tudo o que acontece com eles. Compartilhe, comente e convide seus amigos!

E-mail
Senha
Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado?

Bem vindo ao DVDMagazine. Ao se cadastrar você pode compartilhar suas preferências, comentar ou convidar seus amigos para te "assistir". Cadastre-se já!

Nome Completo
Sexo
Data de Nascimento
E-mail
Senha
Confirme sua Senha
Aceito os Termos de Cadastro